quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Em meus abraços

Diga o que meus ouvidos querem ouvir,
fale as doces palavras do teu medo.
Não importa o que disser,nem o que sentir
deixarei teu sentimento quer sobre meus dedos.
.
Fale o que teu coração mandar,
o que teu voz tem há dizer...
Caminharei contigo até não podermos mais andar,
por onde ninguém mais poder nos ver.
.
Faça o que tua vontade deseja,
não tenha medo de tentar.
faça o bem, o mal.. o que quer que seja!
Faça o que tua alma desejar.
.
Grite, se assim querer.
Expresse tua tristeza em voz alta.
Chore, se assim merecer.
Sozinha, por tudo que lhe falta.
.
Em meu peito, encoste teu cabeça,
chore tua dor em meus braços.
Dei-me teu angustia antes que me esqueça...
Derrame tuas lágrimas em meus abraços.

3 comentários: