quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Solidão

Solidão...
E dor que mora dentro do peito,
e sono que dorme quando me deito...
E espaço vago dentro do coração.


Solidão...
E caminhar sem ter destino, de mãos dadas com o vento,
e falar com nossos próprios pensamentos...
E ver cair uma lágrima ao chão.


Solidão...
E sair de onde não se tem saída,
e cura que não cicatriza a ferida...
E brincar com nossas sombras em plena escuridão.


Solidão...
E uma luz pequena em plena noite,
e sangrar sem ter por onde...
E morrer sem que se possa dizer que não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário