quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Apenas mais um pensamento


O céu, cinza agora esta embora o azul ainda pouco esteja,
A saudade, pouco viva, ainda em meu peito mora. Sempre me
deseja.
Solidão que sempre se encontra onde mora a escuridão,
em um quarto turvo, escuro, onde habita essa mesma
solidão.

Tristeza sem fim, em olhos sempre molhados...
Lágrimas derramadas em sentimentos machucados.
O mesmo grito que em noites se soltam ao soprar do vento,
solta-se também no mais calmo do silencio.
O calor, que pouco sente dentro de cada coração,
nunca se esconde, mesmo no frio mais intensso de cada
escuridão.

Uma dor cada vez mais forte,
Um azar perdido em tanta sorte...
Um sonho cada vez mais escondido,
onde um pensamentos, embora acordado,
ainda permanece dormindo.

Um comentário:

  1. Belo texto. Sem dúvidas a arte gótica é umas das mais fascinantes.

    ResponderExcluir